Paróquia Santo Antônio - Itapira - Diocese de Amparo
 
 

DESTAQUES

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

DESTAQUES

FOTOS EM DESTAQUE

 

Movimento Apostolado da Oração:

Imagem
O que é o Apostolado da Oração?

O Apostolado da Oração é um caminho espiritual que a Igreja propõe a todos os cristãos para os ajudar a ser amigos e apóstolos de Jesus Ressuscitado na vida diária, apaixonados por Ele e interiormente disponíveis para a sua missão. Apresenta-se visivelmente como uma rede mundial de oração ao serviço dos desafios da humanidade e da missão da Igreja, expressos nas intenções mensais de oração do Papa.

Origem

O Apostolado da Oração teve origem numa casa de estudo da Companhia de Jesus, em França (Vals, perto de Le Puy), na festa de S. Francisco Xavier do ano de 1844.

Naquela ocasião, o Padre Espiritual do Colégio – P. Francisco Xavier Gautrelet – fez uma conferência aos estudantes, em que explicou como podiam eficazmente satisfazer o desejo de colaborar com os que trabalhavam nos vários campos de apostolado para a salvação dos homens. Podiam fazê-lo, sem interromper o seu trabalho principal, que era o estudo, oferecendo com fim apostólico as suas orações, os seus sacrifícios e trabalhos.

As ideias propostas pelo P. Gautrelet, que constituem o fundamento do Apostolado da Oração, foram recebidas com entusiasmo pelos estudantes e divulgadas primeiro nas terras vizinhas do colégio e depois em toda a França.

Para difundir estas ideias, o próprio P. Gautrelet propôs uma pequena organização com o nome precisamente de «Apostolado da Oração», que teve a aprovação do Bispo de Le Puy e, em 1849, alcançou as primeiras indulgências do Papa Pio IX.

Brasil

O primeiro núcleo do Apostolado de Oração no Brasil foi fundado pelo Padre Bento Schembi no dia 30 de junho de 1867, no Recife(PE), na Igreja de Santa Cruz, ficando restrito à localidade, não contribuindo para a difusão do movimento no país.
O padre Bartolomeu Taddei fundou em Itu (SP) um núcleo do Apostolado de Oração em 1º de outubro de 1871, fundando outros centros em nível diocesano e nacional. Por este motivo, o Padre Taddei é considerado o fundador e propagador do movimento no Brasil. Foi nomeado como primeiro Diretor Nacional por ter levado o Apostolado a todos os Estados.
Padre Taddei foi também o responsável pela fundação do Santuário Central do Coração de Jesus, em Itú. Em 03 de junho de 1913, data do falecimento do mesmo padre, haviam, no Brasil, 1.390 centros do Apostolado de Oração espalhados por todos os estados, com cerca de 3 milhões de associados.

A proposta espiritual do AO assenta em 4 pilares fundamentais:

A intimidade com Jesus
A atitude de disponibilidade apostólica que o AO propõe viver deve ser fruto do amor. Ou seja, deve nascer de uma relação pessoal, íntima e afetiva com Jesus Cristo crucificado e ressuscitado, na qual nos descobrimos amados e oferecemos a nossa disponibilidade como uma resposta de amor, nas circunstâncias e segundo as possibilidades de cada um.

A prática diária da oração
A fim de nos ajudar a viver esta disponibilidade para a missão de Cristo, mesmo nas pequenas coisas de cada dia, o AO propõe-nos algumas práticas espirituais e um itinerário formativo que chamamos O caminho do coração. Estas práticas consistem em rezar três vezes ao dia (pela manhã, durante o dia e à noite) e permitem abrir-nos à ação do Espírito Santo que trabalha para unir a nossa vida e o nosso coração à vida e ao Coração de Jesus. Convidam-nos a oferecer ao Pai, juntamente com Jesus, tudo o que somos e temos, com simplicidade e radicalidade.

A Eucaristia
O AO anima-nos a viver uma vida eucarística, modelados pelo agir de Jesus. Na Eucaristia encontramos o próprio Jesus, fonte e modelo da nossa disponibilidade apostólica, dando a sua vida por nós. O encontro com Cristo reconcilia-nos, liberta-nos das cadeias e torna-nos capazes de Lhe oferecer a nossa vida ao serviço da sua missão.

Uma rede mundial de oração
Com o AO entramos numa rede mundial de milhões de pessoas que rezam junto do Papa pelos desafios que mensalmente nos apresenta nas suas intenções de oração. Orar com estas intenções abre-nos às necessidades mais prementes da humanidade e da Igreja, levando-nos a comprometer as nossas vidas, em cada mês, em favor da justiça do Reino, de acordo com o tema das intenções. Abrimo-nos a colaborar com todos aqueles que desejam maior fraternidade e justiça, também de outras tradições religiosas. O AO, como serviço de Igreja confiado pelo Papa à
Companhia de Jesus, é responsável por divulgar as suas intenções e é, ao mesmo tempo, uma escola de oração e de intercessão.

Fonte:
http://apostoladodaoracao.pt/index.php/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Apostolado_da_Ora%C3%A7%C3%A3o

Em nossa Paróquia:

“A Santíssima Trindade tem coração: o coração de Jesus”

Valorizando esse símbolo do amor, a Paróquia de Santo Antônio de Itapira (SP), empenhou-se na formação do Apostolado da Oração do Sagrado Coração de Jesus.
Desde o início, os paroquianos foram bastante receptivos ao convite, partilhando-o generosamente entre os amigos e conhecidos.
A partir do mês de fevereiro os integrantes do Apostolado da Oração foram se reunido para receber as orientações, tendo também a valiosa contribuição do Padre Tarlei, da Irmã Lourdes e Irmã Celina.
Hoje contamos com uma diretoria formada e 64 pessoas fazendo parte do grupo de oração, com o objetivo de aprofundar a espiritualidade, o estudo e a formação para o crescimento do Reino de Deus.
Ora, a igreja nos ensina que o amor de Cristo está principalmente representado no Seu Coração e nos convida a que reverenciemos esse amor, simbolizado pelo Coração de Cristo, como fonte de salvação e misericórdia.

Maria Carolina Zázera Bazani
Vice-coordenadora do Apostolado da Oração - Paróquia Santo Antônio

Coordenadora: Elza Maria Maciel de Moraes
Suplente: Maria Carolina Zázera Bazani
 
 

DESTAQUES

Topo Direita

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

DESTAQUES

VÍDEO EM DESTAQUE