Paróquia Santo Antônio - Itapira - Diocese de Amparo
 
 

DESTAQUES

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

DESTAQUES

FOTOS EM DESTAQUE

 

Principais Festa Litúrgicas:

Advento
O Advento é o tempo litúrgico que antecede o Natal. São quatro semanas nas quais somos convidados a esperar Jesus que vem. Por isso é um tempo de preparação e de alegre espera do Senhor. Nas duas primeiras semanas do advento, a liturgia nos convida a vigiar e esperar a vinda gloriosa do Salvador. Nas duas últimas, lembrando a espera dos profetas e de Maria, nos preparamos mais especialmente para celebrar o nascimento de Jesus em Belém.

Natal
Irmãos, hoje nos reunimos aqui para manifestar alegremente que Jesus, nosso Deus e Salvador, nasceu. Alegremo-nos porque com a chegada de Jesus nossos pecados serão perdoados e a morte vencida. Que o amor do Pai, o nascimento do Filho e a graça do Espírito Santo estejam convosco.
Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.
Jesus nasceu na humildade de um estábulo, de uma família pobre, uns singelos pastores são as primeiras testemunhas do acontecimento. Nesta pobreza se manifesta a glória do céu. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo !

Santa Maria Mãe de Deus (01 de Janeiro)
A Solenidade da Santa Maria Mãe de Deus é a primeira Festa Mariana que apareceu na Igreja Ocidental, sua celebração se começou a dar em Roma para o século VI, provavelmente junto com a dedicação em 1º de janeiro do templo “Santa Maria Antiga” no Foro Romano, uma das primeiras Iglesias marianas de Roma.
Ao anúncio de que ela dará a luz ao “Filho do Altíssimo” pela virtude do Espírito Santo, Maria respondeu pela obediência da fé”, segura de que “nada há impossível para Deus”: “Eis aqui a escrava do Senhor: faça-se em mim segundo sua palavra” (Lc 1, 37-38). Assim dando seu consentimento à palavra de Deus, Maria chegou a ser Mãe de Jesus e, aceitando de todo coração a vontade divina de salvação, sem que nenhum pecado o impedisse, entregou-se a si mesmo por inteiro à pessoa e à obra de seu Filho, para servir, em sua dependência e com ele, pela graça de Deus, ao Mistério da Redenção.

Quaresma
O período da Quaresma corresponde aos quarentas dias anteriores à Semana Santa. Começa na Quarta-feira de Cinzas e vai até o sábado anterior ao Domingo de Ramos. O primeiro dia da quaresma chama-se assim, Quarta-feira de Cinzas, por causa do rito em que se deposita um pouco de cinza (as cinzas usadas no ritual são provenientes da queima de ramos do ano anterior) na cabeça ou na fronte dos cristãos.

Semana Santa
A Igreja propõe aos cristãos os sagrados mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição do Filho de Deus, tornado Homem, para no martírio da Cruz e na vitória sobre a morte, oferecer a todos os homens a graça da salvação.
Antes das celebrações procure ler as leituras do dia para conhecer mais e penetrar no espírito da caminhada de Jesus rumo ao calvário. Participe das celebrações em sua Paróquia, que é o meio de convivência para que a celebração tenha um valor comunitário e transformador. faça uma confissão sacramental, pois é através dela que receberá o perdão de Deus para viver a graça do mistério da ressurreição.

Páscoa
A Páscoa é uma festa cristã que celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu, até sua ressurreição, quando seu espírito e seu corpo foram reunificados. É o dia santo mais importante da religião cristã, quando as pessoas vão às igrejas e participam de cerimônias religiosas.

Ascenção
"Subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai"
"O Senhor Jesus, depois de ter falado com eles, subiu aos Céus e está sentado à destra de Deus" (Mc 16, 19); "no quadragésimo dia de sua ressurreição subiu aos Céus com a carne em que ressuscitou e com a alma". Ascendeu "por seu próprio poder", poder que tinha como Deus e também poder de sua alma glorificada sobre seu Corpo glorioso. "Aquele que tudo criou, subiu acima de tudo e por seu próprio poder".

Pentecostes - Repletos do Espírito Santo
“Quando chegou o dia de Pentecostes, os discípulos estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um barulho como o sopro de um forte vendaval, e encheu a casa onde eles se encontravam. Apareceram então umas línguas de fogo e foram pousar sobre cada um deles. Todos ficaram repletos do Espírito Santo e começaram a falar outras línguas, conforme a inspiração do Espírito”. (At 2,1-4)

Santíssima Trindade
Deus- Pai é o criador do mundo; Deus- Filho é a salvação ofertada por Deus aos homens, através da segunda Pessoa da Trindade que há de vir no Fim dos Tempos para julgar os vivos e os mortos. O Filho de Deus é o modo como Deus revela-Se aos homens, na plenitude dos tempos. O Espírito, Santo anima a vida, conduz a Igreja e unge seus filhos com Seus dons de cura, sabedoria, entendimento, conselho, fortaleza ciência, piedade, e temor de Deus . A Santíssima Trindade é uma verdade de fé, um mistério. Objeto de crença e não de entendimento pleno.

Corpus Christi - Corpo e Sangue de Cristo
O sentido da celebração na quinta-feira, após a solenidade da Santíssima Trindade, a Igreja celebra devotamente a solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, festa comumente chamada de Corpus Christi. A motivação litúrgica para tal festa é, indubitavelmente, o louvor merecido à Eucaristia, fonte de vida da Igreja. Desde o princípio de sua história, a Igreja devota à Eucaristia um zelo especial, pois reconhece neste sinal sacramental o próprio Jesus, que continua presente, vivo e atuante em meio às comunidades cristãs.

Sagrado Coração de Jesus
Na sexta-feira depois da oitava da festa do Corpo de Deus, a Igreja celebra a festa do Sagrado Coração de Jesus. De acordo com os desejos de Nosso Senhor, manifestados a Santa Margarida Maria Alacoque, deve ser dia de reparação, pela ingratidão, frieza, desprezo e sacrilégios que muitas vezes sofreu na Eucaristia, por parte de maus cristãos, e às vezes até por parte de pessoas que se presumem piedosas. Em todas as igrejas se fazem neste dia, solenes atos coletivos de reparação. Para estimular os cristãos e retribuir com amor tantas e tão grandes provas de amor do divino Coração de Jesus, dedicou à sua veneração, não só a primeira sexta-feira de cada mês, mas também um mês inteiro, o mês de junho.

Nossa Senhora Aparecida (12 de Outubro)
Em 1717, na cidade de Guaratinguetá, Estado de São Paulo, Brasil, após várias horas pescando sem resultados, três pescadores retiraram do rio Paraíba o corpo de uma imagem sem cabeça. Em seguida, lançada a rede novamente, encontraram a cabeça da imagem. Surpresos, lançaram a rede pela terceira vez e a pescaria foi tanta que puderam encher suas canoas. Esses três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Felipe Pedroso, limparam a imagem apanhada no rio e notaram que se tratava da imagem de Nossa Senhora da Conceição, de cor escura. A imagem foi levada, a princípio, ao oratório de sua humilde casa, e diante dela realizavam suas orações. E desde aquele tempo Nossa Senhora começou a fazer milagres ali devido à crescente devoção do povo

Cristo Rei
A festa de Cristo Rei, que encerra o ano litúrgico, celebra a soberania e o poder de Cristo sobre toda a criação. Deus revela-Se; que Ele tem a supremacia e autoridade sobre todos os seres criados; que Ele é o centro de todo o universo e que tudo tende e converge para Ele… Isto equivale a definir Cristo como o centro da vida e da história, a coordenada fundamental à volta da qual tudo se constrói. Cristo tem, de fato, esta centralidade na vida dos homens e mulheres em todos os tempos da história.
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
 
 
 

DESTAQUES

Topo Direita

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

DESTAQUES

VÍDEO EM DESTAQUE