Paróquia Santo Antônio - Itapira - Diocese de Amparo
 
 

DESTAQUES

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

DESTAQUES

FOTOS EM DESTAQUE

 

As crianças são promessas de amor, ensina o Papa:

Imagem
“O ponto de vista da criança é o ponto de vista do Filho de Deus.”

Na catequese do dia, 14, o Papa Francisco disse, em sua catequese, sobre as promessas às crianças. E exortou os cristãos a defenderem a família olhando as crianças com os olhos de Jesus.
As primeiras palavras do Santo Padre foram dedicadas à leitura da Palavra de Deus, a passagem bíblica foi lida em várias línguas, tratava-se do capítulo 18 do Evangelho de São Mateus nos versículos 7 a 10. Logo no início, pode-se ler: “Ai do mundo por causa dos escândalos…”. A este propósito, o Papa Francisco, em nome da Igreja, pediu perdão pelos escândalos que, nos últimos tempos, ocorreram em Roma e no Vaticano.
Na sua catequese, o Santo Padre afirmou que muitas vezes nós, adultos, nos referimos às crianças como uma promessa de vida, como o nosso futuro.
“Mas nós levamos a sério esta promessa de vida? Somos leais às promessas que estão incluídas no simples fato de trazer à vida os nossos filhos?”, questionou o Papa.
Acolhimento e carinho, proteção e solicitude são algumas de tais promessas basilares, que se podem resumir numa só: amor. Para o Santo Padre, todos estes valores são uma promessa que o homem e a mulher fazem a cada filho, desde o primeiro momento que nele pensam. E os filhos, por sua vez, logo que chegam ao mundo, esperam ver confirmada esta promessa de amor; esperam-no em todos os cantos do mundo e de um modo total, confiante e inofensivo.
“Quando acontece o contrário, os filhos se sentem feridos por um “escândalo”, que se torna tanto mais grave e insuportável quanto mais desprovidos estão de meios para o decifrar, e, reforçando este pensamento, o Sumo Pontífice insistiu: “Ai daqueles que atraiçoam a confiança dum pequenino!”
Desde o primeiro instante, Deus vela pela promessa de amor que é cada criança. Esta, logo que é capaz de se ver amada por si mesma, pressente também que há um Deus que ama as crianças. O ponto de vista da criança é o ponto de vista do Filho de Deus.
“Só se olharmos as crianças com os olhos de Jesus, poderemos verdadeiramente compreender como se protege a humanidade, defendendo a família.”
A Virgem Maria e São José, que acolheram e protegeram seu Filho, honrando corajosamente a bênção e a promessa de Deus, tornem-nos dignos de hospedar Jesus em cada criança que Deus faz chegar ao mundo.
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
 
 
 

DESTAQUES

Topo Direita

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

DESTAQUES

VÍDEO EM DESTAQUE