Paróquia Santo Antônio - Itapira - Diocese de Amparo
 
 

DESTAQUES

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

DESTAQUES

FOTOS EM DESTAQUE

 

Transfigurar-se pela Oração:

No monte santo os apóstolos foram muito mais que testemunhas, espectadores: foram contempladores da grandeza de Deus.

Pois o propósito da contemplação é precisamente ir além da letra e reviver dentro de si os sentimentos e os estados de espírito: de Jesus, dos apóstolos e do Pai.

A força da transfiguração não reside somente no olhar de Cristo, mas no todo. Desta cena irradiou-se um “branco” luminoso que certamente quis manifestar o mistério da luz divina que irradia do interior de Cristo. Essa é uma luz sobrenatural que sai do Senhor e quer penetrar em nossas vidas e tomar conta de todo o nosso ser.

São Leão Magno diz que o fim principal da transfiguração foi desterrar das almas dos discípulos o escândalo da Cruz. Foi uma “gota de mel” que Jesus lhes ofereceu no meio da amargura. Jesus é o Filho que introduz seus discípulos num momento de intimidade entre Ele e o Pai celeste.

Por isso, Jesus permite que os apóstolos Pedro, Tiago e João contemplem por um breve tempo a felicidade que dura para sempre, antecipa para eles o gozo do céu, a fim de fortalecê-los na dura adversidade que se aproxima. Já que eles vão sofrer, o Senhor os fortalece, para que não desanimem. E no fim Pedro se entregará ao martírio em Roma, Tiago no cárcere na Espanha, e João sofrerá o martírio da perseguição em Éfeso.

E por que Jesus subiu ao monte? Jesus subiu ao monte para rezar, e foi enquanto rezava que o aspecto de seu rosto mudou. Sendo assim, a transfiguração é um efeito direto da oração de Jesus. A transfiguração é um mistério de felicidade divina. Toda a fluência da alegria que jorra entre o Pai e o Filho e que, afinal, é o próprio Espírito Santo, “transbordou” naquela ocasião do vaso da humanidade de Cristo.

Se a contemplação de Cristo tem por finalidade, como disse Paulo, transformar-nos naquele que contemplamos, também nós somos chamados a transfigurar-nos, e a oração é, então, o caminho privilegiado para consegui-lo.

Pela oração nós somos transfigurados, pois através dela o Senhor penetra no mais íntimo de nós e nos faz contempladores da grandeza de Deus. O mundo necessita de gente transfigurada pela oração.

Devemos desejar e procurar o rosto de Jesus nas circunstâncias habituais da vida. Devemos querer saborear um pouco do céu através da nossa oração!

Pe. Tarlei Navarro
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
 
 
 

DESTAQUES

Topo Direita

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

DESTAQUES

VÍDEO EM DESTAQUE