Paróquia Santo Antônio - Itapira - Diocese de Amparo
 
 

DESTAQUES

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

DESTAQUES

FOTOS EM DESTAQUE

 

O Mendigo e o Milionário:

Imagem
Estava como de costume sentado à porta da Igreja, o mendigo cego, aguardando a saída dos fiéis que, ao final do sermão das seis da tarde, costumam demonstrar em toda a plenitude seu lado mais misericordioso, através de esmolas aos menos favorecidos.

Todos os dias, determinado senhor aproximava-se do pobre mendigo, depositando uma moeda em sua latinha.
O cego agradecia sempre, humildemente, a doação e quando percebia estar bastante seguro para não ser notado, jogava fora a moedinha bem longe, para que nunca mais pudesse alcançar, sempre bravejando contra o avarento milionário que apenas uma insignificante moeda novamente lhe dava.

Com o passar de um ano, o rico fiel, curioso em saber sobre o ceguinho, indagou-lhe qual fim dera aos seus valiosos donativos:

-“Ora – respondeu o pedinte – mas afinal o que poderia eu fazer com uma simples moedinha, a não ser desfazer-me rapidamente dela para ninguém notar o quanto envergonhado fico com tamanha humilhação?”

O bom cristão veio com uma inesperada lição que muito fez o mendigo conscientizar-se de sua grande ignorância.

- “Se tivesse guardado cada moedinha de ouro que te dei, hoje terias um quilo do mais puro ouro, para pagar uma operação que te devolveria a visão”.

Quantas vezes reclamamos por não alcançarmos as nossas necessidades de imediato, pelo fato de ignorarmos o nosso despreparo para recebermos tudo de uma única vez, e que só Deus sabe o quanto seria prejudicial para nós mesmos.
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
 
 
 

DESTAQUES

Topo Direita

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

DESTAQUES

VÍDEO EM DESTAQUE