Paróquia Santo Antônio - Itapira - Diocese de Amparo
 
 

DESTAQUES

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

DESTAQUES

FOTOS EM DESTAQUE

 

O Dízimo e a Semente:

A SEMENTE: No mundo, somos um semeador. Não fujas da responsabilidade de semear. Não digas que trabalhar não é fácil, que o solo é duro, áspero, que chove pouco, que o sol queima, ou ainda que a semente não serve. Não é nossa função julgar o trabalho, a terra, o tempo, nossa missão é semear.

A SEMENTE ABUNDANTE: Um pensamento, um olhar, um sorriso, uma força de amor vinda do coração, um abraço, um copo d’água, um aperto de mão, um conselho, doação aos irmãos, o trabalho da comunidade, a caridade, a partilha; são sementes que germinam e se multiplicam rapidamente.

CUIDADO AO SEMEAR: Não semeeis descuidosamente, apenas para cumprir uma missão. Semeie com fé, amor, fidelidade, interesse, com atenção, com quem encontra nisso o motivo central do compromisso e felicidade!

A RECOMPENSA: E quando semeares, não pense: Quanto me dará? Quanto tempo demorará a colheita? Penses que não semeias para enriquecer, aguardando a multiplicação; semeias porque não pode ficar inativo, porque não podes viver sem se doar, porque não podes servir ao Reino de Deus, sem amar e partilhar com os irmãos!

A REFLEXÃO: És dono de ti mesmo, da vida e do universo! Tua semente, pois, não cairá no vazio. Sem esperar qualquer recompensa, receberás recompensa; sem sonhar em riquezas, enriquecerás; sem almejar colheitas, teus bens se multiplicarão. E tudo porque semeias num Reino onde perder a vida é encontra-lá, doando e servindo aumentará ricamente a fé, fidelidade e o amor.

TU ÉS UM SEMEADOR: Semeies sempre, em todo terreno, a todo instante, a boa semente com amor; com interesse, como se estivesse semeando seu próprio coração, seu próprio ser: “Um por todos, todos por um”. Lance sua semente e mesmo que seja pequena ou pouco, ela faz diferença e é muito importante nas obras do Reino.

O DÍZIMO: Quando lançamos sua semente encontramos resistências e obstáculos na busca do partilhar nosso coração e os bens. Entretanto, à medida que se semeia, também se descobre seu sentido verdadeiro: O dizimo é uma promessa, um desafio, fonte de bênçãos e prosperidade (Mal 3,10-12). Associado a isso enraíza no coração do cristão a semente do desapego às coisas materiais e do apego as riquezas celestiais.

O LOUVOR: Nós te adoramos, nós te glorificamos, nosso Deus, nosso Criador e nosso Pai. Nós te louvamos porque reparte conosco teus bens e nos pede para semear os nossos. Nós te bendizemos pela tua Palavra, que hoje nos orienta a sermos fiéis à partilha pelo DIZIMO.

Nós te adoramos porque és nosso Deus e nos convida a construir contigo o Reino na Terra, neste semear. Que tu jamais deixes secar essa SEMENTE do nosso coração. Obrigado Senhor!

A SEMENTE PESSOAL PELA ORAÇÃO: Senhor, diante da sua presença quero oferecer sempre o meu dízimo. Agradeço-lhe pelas graças, pelo dom da vida, por aquilo que sou, que tenho e me destes. Agradeço também porque me ensinastes a ser um cristão que aprendeu amar a Igreja e os irmãos. Por isso, receba sempre Senhor minhas oferendas e que ela expresse o sinal de gratidão e obediência a Sua Palavra.

Que todo dizimo que oferecer a ti Senhor, brote da fé e venha de coração, cheio de amor, alegria, paz e justiça. Que seja um verdadeiro agradecimento e reconhecimento da sua bondade para mim. Um ato de amor, vontade, sentir, querer, servir e partilhar.

Por isso, ajudai-me a oferecê-lo com fidelidade e alegria. Que ele seja um louvor - uma oração agradável a ti Senhor e diante da dimensão e mistério da partilha, posso buscar a perseverança, realizando as obras do seu Reino. Abençoai e protegei a mim, os fiéis, os dizimistas, os leigos, os setores, as pequenas comunidades, nosso Pároco, os missionários e irmãs consagradas, as comunidades em geral, nossa Paróquia, nossa Diocese, as Dioceses, o Clero, os Bispos, o Papa, enfim a nossa Igreja.

Que eu seja sempre sinal e instrumento da fé, amor, unidade, comunhão, espiritualidade e partilha. Que seja eu digno das suas infinitas bênçãos. “Bênçãos, e bênçãos, além do necessário”, hoje e sempre. Amém!

A GRANDE SEMENTE: Este é o meu mandamento: “Amai-vos uns aos outros, como eu vos amo. Ninguém tem maior amor do aquele que dá a sua vida pelos seus irmãos” (Jo 15,12-23).

Devolver o dizimo com obediência se resume também nisso: “SERVIR, AMOR E PARTILHA” do ser, do tempo e dos bens. Assim disse Jesus - Convém lembrar: Aquele que semeia pouco, pouco ceifará. Aquele que semeia em profusão, em profusão ceifará (Lc 6,38; II Cor 9,6). "
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
 
 
 

DESTAQUES

Topo Direita

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

DESTAQUES

VÍDEO EM DESTAQUE