Paróquia Santo Antônio - Itapira - Diocese de Amparo
 
 

DESTAQUES

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

DESTAQUES

FOTOS EM DESTAQUE

 

Nulidade Matrimonial - Papa pede Atenção :

Imagem
Papa pede mais profundidade em processos de nulidade matrimonial

"É necessário prestar atenção a multiplicação exagerada de declarações de nulidade matrimonial sob o pretexto de uma qualquer imaturidade ou fraqueza psíquica do cônjuge", afirmou o Papa Bento XVI, nesta quinta-feira, 29, durante a inauguração do ano judiciário do Tribunal da Rota Romana, na Sala Clementina no Vaticano.

Segundo o Santo Padre, "o que está em jogo é a própria verdade sobre o matrimônio". O Papa chama a atenção dos agentes do direito sobre a exigência de tratar as causas com a devida profundidade que é pedida pelo ministério da verdade e da caridade que é próprio da Rota Romana. E recorda alguns princípios para discernir a validade do matrimônio sem confundir incapacidade e dificuldade.

"Uma verdadeira incapacidade", afirmou citando João Paulo II, "pode-se supor apenas na presença de uma forma seria de anomalia que - presente já no tempo no matrimônio – deve tocar substancialmente as capacidades de entender e de querer, e portanto a faculdade de escolher livremente o estado de vida. Anomalia que deve causar não só uma grave dificuldade, mas também a impossibilidade de enfrentar as tarefas inerentes as obrigações essenciais do matrimônio".

Para o Papa é necessário redescobrir positivamente a capacidade que, a princípio, cada pessoa humana tem de casar-se em virtude da sua própria natureza de homem e de mulher.

"De fato, corremos o risco de cair num pessimismo antropológico que a luz da atual situação cultural, considera quase impossível casar-se. À parte, o fato de que tal situação não é uniforme nas várias regiões do mundo, não se podem confundir com a verdadeira incapacidade consensual".

"As reais dificuldades em que se encontram muitos, especialmente os jovens, chegando a considerar que a união matrimonial é normalmente impensável e impraticável. Antes, a reafirmação da inapta capacidade humana ao matrimônio é precisamente o ponto de partida para ajudar os casais a descobrir a realidade natural do matrimônio e o relevo que tem no plano da salvação", salientou o Papa.

Há, segundo o Código de Direito Canônico da Igreja, dezenove motivos para nulidade do casamento:


A. Falhas de consentimento (cânones 1057 e 1095-1102)

1. Falta de capacidade para consentir (cânon 1095)
2. Ignorância (cânon 1096)
3. Erro (cânones 1097-1099)
4. Simulação (cânon 1101)
5. Violência ou medo (cânon 1103)
6. Condição não cumprida (cânon 1102)


B. Impedimentos dirimentes (cânones 1083-1094)


7. Idade (cânon 1083)
8. Impotência (cânon 1084)
9. Vínculo (cânon 1085)
10. Disparidade de culto (cânon 1086,- cf cânones 1124s)
11. Ordem Sacra (cânon 1087)
12. Profissão Religiosa Perpétua (cânon 1088)
13. Rapto (cânon 1089)
14. Crime (cânon 1090)
15. Consangüinidade (cânon 1091)
16. Afinidade (cânon 1092)
17. Honestidade pública (cânon 1093)
18. Parentesco legal por adoção (cânon 1094)


C. 19. Falta de forma canônica na celebração do matrimônio (cânones 1108-1123)
Fonte: Rádio Vaticano/Canção Nova
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
 
 
 

DESTAQUES

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

DESTAQUES

VÍDEO EM DESTAQUE