Paróquia Santo Antônio - Itapira - Diocese de Amparo
 
 

DESTAQUES

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

DESTAQUES

FOTOS EM DESTAQUE

 

Mensagem de Saudação do Novo Bispo:

Imagem
Mensagem de Saudação à Diocese de Amparo

"EM NOME DE JESUS" (Cl.3,17), meus amados irmãos e irmãs, disse meu SIM ao chamado do Santo Padre Bento XVI para ser, como Bispo Diocesano, o pastor desta querida Igreja de Deus que está em Amparo. Sinto minha indignidade e pequenez diante de tão grande tarefa. Sinto também que o abandono consciente à vontade de Deus, tem uma força que inspira coragem.
Saúdo reverente a D. Francisco José Zugliani, o primeiro Bispo que plantou esta Igreja Particular, ele inicia o ano de seu jubileu de ouro sacerdotal. Saúdo os presbíteros, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas e vocacionados ao ministério diaconal e sacerdotal, e demais ministérios eclesiais. Saúdo todas as autoridades constituidas, especialmente no poder legislativo, executivo e judiciário, nos municípios que compõem a Diocese de Amparo: Águas de Lindóia, Amparo, Holambra, Itapira, Jaguariuna, Lindóia, Mogi-Mirim, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Santo Antonio da Posse e Serra Negra. Saúdo os cristãos de outras denominações. Saúdo todas as pessoas de boa vontade, que mesmo não comungando com nossa fé trabalham pelo bem do próximo, na construção de uma sociedade justa e fraterna.
Abraço comovido todos os fiéis cristãos católicos, que, pelo batismo são membros desta Igreja, com suas Paróquias e as três Foranias. Com o coração nas mãos estendidas, venho através desta mensagem ao encontro de vocês, para expressar o desejo de caminhar junto no caminho do Senhor Jesus Cristo. Ele nos remiu com seu sangue derramado na cruz! Pela sua ressurreição gloriosa, abriu-nos as postar de eternidade. Sabemos que "a realidade é Cristo" (Cl. 2,17) por isso, desejo anunciar entre vocês o Evangelho de Cristo com toda a fidelidade e perseverança. Quero continuar a missão dos Apóstolos, trazendo a todos "o leite puro da Palavra de Deus, a fim de que cresçam para a salvação, pois já provaram que o Senhor é bom" (1Pr 2,2).
No coração do Evangelho está a mensagem do Reino de Deus expresso nas bem-aventuranças que constituem o seu cerne. "Só o Reino, é absoluto, e faz com que se torne relativo tudo o mais que não se identifica com ele" (Paulo VI, in Evangelli Nuntiandi n. 8).Conclamo todos e todas para que nos dediquemos à missão em favor do Reino, conservando o tesouro da fé que os apóstolos nos transmitiram, a fim de edificar a Igreja, “coluna e sustentáculo da verdade” (1Tm. 3,15). Ela é sempre deste Reino (Vaticano II, LG n.5) e tem como finalidade sua implantação (Vaticano II, LG 9). Assim procedendo sabemos que tudo o mais nos será dado por acréscimo (Mt. 6,33). Assumamos juntos, portanto, o desafio de construir vida comunitária de comunhão, participação e missão.
Unido ao Santo Padre o Papa e ao Colégio dos Bispos, mormente os de nossa Província,aos Presbíteros e Diáconos, desejo cuidar do Corpo de Cristo que é o Povo de Deus e dirigi-lo ao caminho da salvação orando incessantemente pela Igreja e a humanidade. Amados no Senhor, minha missão é estar entre vocês como servidor. Este serviço episcopal tem múltiplas faces: mestre da doutrina, sacerdote do culto e ministro do governo. Porém todas condensadas na face do Bom Pastor que dá a vida pelo rebanho: o bispo é sobretudo Pastor da Igreja. Por isso, desejo, na perspectiva do Evangelho e por amor a Deus da Vida, defender a vida onde ela se achar ameaçada. Mostrar-me misericordioso para com todos, em especial os pobres, doentes, peregrinos e necessitados, procurando as ovelhas perdidas com amor e bondade a exemplo de nosso Mestre e Senhor que disse: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo. 10,10).
Desejo dirigir uma palavra especial aos presbíteros, os padres que Deus colocou nesta Igreja. Com dedicação, consagram suas vidas ao rebanho para serem testemunhas vivas do Bom Pastor que veio para servir, e não para ser servido (Lc 20,28). Vós sois “testemunhas do sofrimento de Cristo e participantes da glória que vai ser revelada” (1Pr. 5,1). Vossa generosidade e desprendimento fizeram de vós modelo para o rebanho, porque todos os dias dão-lhe, os motivos de nossa esperança: o Pão da Palavra da Eucaristia mastigados na fé que age pela caridade. Abraço-os com o coração aberto para acolhe-vos como pai e irmão, no diálogo fraterno – com verdade e caridade – que construirá nossa união. A muitos de vocês tive a honra de ajudar no processo de formação, dos outros fui colega na Arquidiocese de Campinas. Agora peço a todos a caridade de me ajudarem a ser vosso bispo, um bispo segundo o coração de Jesus, o qual chamou seus discípulos para “que ficassem com ele, e para enviá-los a evangelizar” (Mc 3,14). Fiquem comigo, fiquemos juntos, vamos evangelizar!
Aos leigos desta Igreja Particular abraço com estima. São todos chamados à santidade na vida do dia a dia e constituídos pelo batismo e unção crismal, testemunhas de Jesus Cristo e do Evangelho. Sabemos que “a Igreja não vive plenamente, nem é o sinal perfeito de Cristo entre os homens se, com a Hierarquia, não existe e trabalha em Laicato autêntico” (Vaticano II, AG n. 21). Sejam fervorosos discípulos e missionários do evangelho. Amem nossa Igreja e seus presbíteros. A Igreja é nossa mãe e nos dá o maior tesouro que existe: Jesus Caminho Verdade e Vida. Saúdo as Pastorais, Movimentos e demais Organismo diocesano. “Peço que lutem comigo nas orações que vocês dirigem a Deus em favor” (Rm. 15,30).
Expresso meu propósito de uma entrega total ao serviço desta Igreja que está na Diocese de Amparo à qual consagro-me de corpo e alma a partir de hoje. A catedral altaneira é dedicada à Senhora do Amparo. É confiando no amparo materno de Maria Santíssima que me lanço nesta missão. A Maria fui consagrado por meus pais desde criança. Ela sempre me protegeu, por isso também agora a constituo, diante de Deus e dos homens, minha procuradora e advogada, juntamente com o glorioso São José. Uno-me a todos os diocesanos em louvor a Maria com as palavras da Música Oficial do Município de Amparo: “Senhora milagrosa, que nos fazeis crer/Nas doces maravilhas de uma vida celestial/Bendito o vosso culto, que nos faz viver/Amparados no bem para vencer o mal”.
Confio na força do Espírito Santo que nos há de iluminar e guiar. É seguindo suas inspirações, que Ele nos fará livres, deixando “jorrar de nosso íntimo rios de água viva” (Jô. 7,38). Água que dessedenta e cura, como as águas virtuosas que Deus colocou na natureza privilegiada que embeleza esta região. “Que Deus, nosso Pai, e nosso Senhor Jesus dirijam meu caminho até vocês. “Que o Senhor os faça crescer e aumentar no amor mútuo e para com todos, assim como é o meu amor por vocês”(1Ts. 3,11-12).
EM NOME DE JESUS, sendo o bispo o princípio visível de unidade e comunhão da Igreja, conclamo a todos os irmãos, para que sejamos unidos, levando avante tudo de bom que já está começado. A união faz a força que vence o mal pelo bem. A certeza de sermos amados por Deus e a união neste amor deve ser nosso distintivo. Abençôo-os, pedindo que rezem por mim assim como eu rezo por vocês e já vos levo no coração. Que a paz, alegria e a graça do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês.

Campinas, 14 de julho de 2010

Côn. Pedro Carlos Cipolini – Bispo eleito de Amparo
Fonte: Diocese de Amparo
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
 
 
 

DESTAQUES

Topo Direita

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

DESTAQUES

VÍDEO EM DESTAQUE